sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Poesia de João Martins


A luz dourada e sombria
rasgando o vale do céu,
invade o verde da folha
e se espalha no veludo do véu
do alvorecer
a relva úmida

e ainda tímida
não se intimida
com o renascer

Amanhecer... e a terra sorri

Seja bem vindo!!!

2 comentários:

Péricles Diniz disse...

oi, josi.

gostei do poema.
gostei da foto.

espero ver algo de sua autoria!
a propósito, quem é o autor da foto?

vá em frente!

péricles diniz

valdelice santos disse...

Amei a foto,não só por ser bem tirada, mas também por ser da minha cidade,mais precisamente,na comunidade em que eu residia.
Muito sucesso,bjos